segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Um obrigada

... a ti.
Porque reparei que na correria do fim-de-semana não mudei as toalhas da casa de banho, mas hoje quando cheguei, tarde, elas estavam lá. Lavadinhas e no sítio.
Porque ando assoberbada com coisas importantes e outras até futeis mas sei que posso contar contigo. E pões a roupa a lavar, limpas, arrumas e desfazes a árvore sózinho. E dás-lhe banho, jantar e mimo. Enquanto eu estou lá naquela vida que me preenche e me realiza mas que sem ti seria impossível.
Porque graças a ti eu posso vê-lo e dar-lhe um beijo quando chego, ainda que ele me veja pouco ou esteja já a dormir.
Porque apesar do teu mau nem sempre bom feitio eu sei que posso contar contigo.
Porque devo ser das poucas mulheres que neste momento nem sabe o que tem na dispensa ou no frigorifico, mas estou descansada porque jamais lhe deixarás faltar nada.

Nem sempre retribuo tudo o que fazes por mim. Bem sei que não sou a mulher ideal. Mas amo-te, nunca duvides disso. E agradeço-te cada gesto, palavra ou acção e porque sem ti não seria possível realizar os meus sonhos

2 comentários:

Rit♥Catita disse...

É tão bom ter um companheiro assim. Que nos completa e com quem podemos contar sempre. É muito boa essa sensação de segurança e cumplicidade.
Beijinhos.

Angela disse...

Admiro muito teu marido! Pois a maior parte dos homens , acham que a mulher é a criada da casa!

Espero um dia, se assim for chamar "alguém" marido, e que esse "alguém" tambem seja assim....

felicidades